Sim, a criança pode nascer com o canal que leva a lágrima para o nariz entupido, e ainda assim lacrimejar. O problema costuma ser tratado com massagens e uso de colírios antibióticos. Se isso não resolver, deve ser feita uma sondagem das vias lacrimais (desbloquear o canal) antes do primeiro ano de vida. Quando houver dúvidas, procure seu oftalmologista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *